14/04/2015

82

Meus Poemas-60



Meus Poemas-60
0

REPARO.

Reparo para cima vejo o azul dos céus,
Reparo na nuvem branca que flutua,
Reparo na criação perfeita do nosso Deus,
Reparo como é bela a minha terra e tua.

Reparo na beleza de toda a criação,
Reparo que tudo foi feito em sintonia,
Reparo no sol na lua e sua rotação,
Reparo no voar da águia e da cotovia.

Reparo no sol no dia e seu alvorecer,
Reparo no sorriso lindo de uma boca,
Reparo no rubro pôr do sol ao anoitecer,
Reparo numa vida inútil fútil e louca.

Reparo no amor de Deus e Sua bondade,
Ao enviar para nós Seu amado Filho Jesus,
Que semeou entre os homens Sua Verdade,
E oferecendo por nós Sua vida na cruz.
Por: António Jesus Batalha.

0

A ÁGUA.

Areia do rio leito vazio
sem água,
Depressa
Depressa vão despertar,
as águas das fontes
dos nascentes.
Parai.
E clamai,
que volto a gritar.
Deixai.
que corram pró mar.
deixem o regato secar.
Águas
do rio parai,
Oh peixes gritai
Deixai!
O rio a correr
os peixes morrer
não chegam ao mar,
Porque as águas
voltaram a secar
e na água não posso nadar
E eu volto a gritar parai!
Parai de as águas envenenar.
Por: António Jesus Batalha.

0

FANTASIA.

A floresta que é irreal,
Em planície de fantasia,
Corre um rio pelo vale,
Arrastando o que não queria.

Como quem rasga a paisagem,
Veloz como carro na estrada,
Arrasta consigo toda a folhagem,
Parecendo grande festa na parada.

Rasga as doces rimas da poesia,
Sopradas pelas cordas do vento,
Mas dentro do rio da fantasia,
Nadam as palavras sem acento.

A grande floresta que é irreal,
Logo como sonho desapareceu,
É acordado o poeta e no final,
Lembra-se das rimas que perdeu.
Por: António Jesus Batalha.



A Verdade Em Poesia, António Batalha, Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,Meus Poemas, Deus,Jesus Cristo,


82 comentários:

  1. Olá António
    Adorei sua visita em meu blog. Gostei muito de seus poemas.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  2. Olá Antonio, gosto demais de poesia, e aqui me foi um belo achado...
    Mensagens muito boas, nota-se o poder de Deus nas suas poesias trazem edificação.
    Muita paz de Jesus.
    Ivanildo.
    .

    ResponderEliminar
  3. Olá António vim retribuir a sua visita e reconhecer o seu talento para a escrita.
    Encontrei uma poesia de emoção, cativante e bela.
    Gostei da maneira que expressa pensamentos simples e que todos temos mas que nem sempre conseguimos textualizar.
    Vou ficar seguidor.
    Desejo um resto de dia cheio de paz, muita saúde e alegria e de muita inspiração para continuar a escrever e a iluminar os nossos corações.
    Mario

    ResponderEliminar
  4. Olá António vim retribuir a sua visita e reconhecer o seu talento para a escrita.
    Encontrei uma poesia de emoção, cativante e bela.
    Gostei da maneira que expressa pensamentos simples e que todos temos mas que nem sempre conseguimos textualizar.
    Vou ficar seguidor.
    Desejo um resto de dia cheio de paz, muita saúde e alegria e de muita inspiração para continuar a escrever e a iluminar os nossos corações.
    Mario

    ResponderEliminar
  5. Oi António que linda poesia amei estar aqui.
    Adoro os poetas que transformam em palavras todo tipo de sentimento!
    E estes seus poemas nos trazem grandes mensagens.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  6. Lindos os seus poemas meu amado irmão.
    Que Deus continue lhe dando inspiração, pois no mundo em que vivemos, nada melhor que a poesia cristã para consolar nossas almas.
    Grande abraço.
    Alvaro

    Obrigado pela visita ao meu blog e Deus lhe abençoe!

    ResponderEliminar
  7. Amado irmão.
    Gostei muito de suas poesias, por meio da sensibilidade demonstrada.
    Em tudo podemos ver a mão de Deus.
    Quanta poluição.
    Que Deus o continue te usando.
    Natália

    ResponderEliminar
  8. Gostei Muito do seu blog, adoro poesia, e quando escrevemos poesias evangélicas, nossos corações resplandecem do amor verdadeiro e genuíno.
    Reparei na sua preocupação da poluição das águas.
    Mas gostei de todos.
    Beijão.
    Augusta.

    ResponderEliminar
  9. Olá! Fiquei feliz com a visita e agradeço .
    Com certeza passarei a seguir também.
    Parabéns.
    Muito lindo os poemas, com certeza sempre que posso vou passar, para ler.
    E seja bem vindo no meu blog, meu novo amigo, um grande abraço.
    João.

    ResponderEliminar
  10. Olá! Fiquei feliz com a visita e agradeço .
    Com certeza passarei a seguir também.
    Parabéns.
    Muito lindo os poemas, com certeza sempre que posso vou passar, para ler.
    E seja bem vindo no meu blog, meu novo amigo, um grande abraço.
    João.

    ResponderEliminar
  11. Meu amigo Poeta Antonio Batalha.
    Parabéns pelo blog e pelas belíssimas poesias!
    Verdade quanta poluição, esse da floresta me faz lembrar um tempo da minha vida, em que passei por tribulação muito grande.
    Que Deus possa continuar abençoando sua vida!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Olá passei para uma visita; e acabei ficando.
    Adoro poesias.
    Prazer em conhecer.
    Janicce.

    ResponderEliminar
  13. Realmente, é preciso ter muita força para viver, lutar e não se deixar contaminar com as coisas deste mundo tão perverso.
    Em tudo se vê a glória de Deus.
    Esta força vem de Deus.
    Que Deus continue nos fortalecendo a cada dia.
    Beijo.
    Abraços

    ResponderEliminar
  14. Olá! Parabéns pelos blogs.
    Não tenho sua habilidade para poesias, sonetos, etc, mas tenho vou experimentar.
    Virei sempre para ler cada poema.
    Espero também a sua visita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Olá, Antonio, como vai?
    A paz está dentro da gente, na nossa fé, na forma como tratamos as pessoas e de como aceitamos tudo o que nos acontece.
    Poesia linda, em tudo vemos a mão de Deus.
    Um ótimo fim de semana.
    Paz de Jesus.

    ResponderEliminar
  16. Lindo poema meu amado irmão.
    Que Deus continue lhe dando inspiração, pois no mundo em que vivemos, nada melhor que a poesia cristã para consolar nossas almas.
    Obrigado pela visita ao meu blog e Deus lhe abençoe!

    ResponderEliminar
  17. Amigo Antonio.
    Hoje observando sou uma das suas primeiras seguidoras vi como o tempo passou desde , que a gente se encontrou nesse munto de Deus.
    Sou feliz em saber conservar uma pessoa tão especial na minha vida.
    Uma semana abençoada.
    Beijos no coração.
    Evanir,.

    ResponderEliminar
  18. Fala com o coração, numa linguagem única e encantadora, traduzindo em mensagem de fé.
    Três lindos poemas gostei muito do primeiro.
    Abraço carinhoso do leitor e seguidor.
    Silvério.

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  20. Olá António
    Belos e profundos versos.
    Letras carregadas do sublime amor.
    Fiquei lisonjeada com sua cordial visita.
    Obrigada pelo carinho meu amigo.
    Um fim de semana abençoado.
    Manuel.
    um carinhoso abraço

    ResponderEliminar
  21. Olá Antonio
    passou para uma visita e uma saudação. Parabéns pelo Blog

    ResponderEliminar
  22. Seu grande poeta, Deus te continue a abençoar com esse dom, são deveras muito bonitas as suas poesias, bonitas e inspiradores, com boas mensagens, e boas exortações.
    Obrigado por partilhar.
    Abraço.
    Joaquim

    ResponderEliminar
  23. É tão bom chegar aqui e encontrar sua poesia, é remédio para nossa alma, pois Deus tem usado o irmão e Ele é glorificado.
    Em tudo vemos a mão de Deus.
    Obrigado por partilhar a sua linda poesia.
    Beijão querido irmão.
    Sandra.

    ResponderEliminar
  24. Paz irmão!
    Que poesia maravilhosa,suas palavras mostram o valor que você dá à palavra do Senhor.
    A Bíblia é o mais precioso de todos os livros, é um cuidado especial de Deus para conosco, pois somos os seus filhos.
    Como encaixa com perfeição o termo doce e fiel aplicada em sua poesia.
    A Bíblia pode nos trazer a salvação verdadeira,a cura e libertação, tudo que precisamos fazer é ir de encontro a Sua palavra com nosso coração puro.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  25. Irmão António é grande alegria poder ler os seus poemas, gosto de todos cada um trata do seu assunto, em tudo vemos a glória de Deus e o segundo trata da poluição, o último, bem o último creio que é uma metáfora ou fantasia, mas são todos muito lindos.
    Beijo.
    Almerinda.

    ResponderEliminar
  26. Irmão António é grande alegria poder ler os seus poemas, gosto de todos cada um trata do seu assunto, em tudo vemos a glória de Deus e o segundo trata da poluição, o último, bem o último creio que é uma metáfora ou fantasia, mas são todos muito lindos.
    Beijo.
    Almerinda.

    ResponderEliminar
  27. Olá Antonio não podia deixar de vir até aqui para ler os seus lindos poemas.
    Reparo na beleza de toda a criação,
    Reparo que tudo foi feito em sintonia,
    Reparo no sol na lua e sua rotação,
    Linda a sua poesia fico fascinada e me dá muito alegria de poder ler os seus poemas.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  28. Olá António.
    Sempre que venho aqui, saio orgulhosa de o ter você como meu seguidor.
    E também de seguir os seus blogs
    E você é a prova, de como escreve e se deixa usar pelas mãos gloriosas de nosso Deus.
    Parabéns!
    Um abração.
    Isabel.

    ResponderEliminar
  29. Mi querido Antonio

    Gracias por pasarte por mi escondite y dejar tu cariñoso comentario en él

    Te admiro porque en tus poemas me traes el recuerdo de mi abuelo poeta canario..Sin ir a escuelas escribia con el corazón al igual que lo haces tu..Generosidad hay en tí..sencillez y no todos lo tienen

    Gracias por compartir
    Con cariño Victoria

    ResponderEliminar
  30. Olá querido António ,
    Que Deus continue te iluminando mais e mais .
    Seu espaço transmite paz espiritual !
    Lindos poemas !
    Abrigada meu amigo !
    Jesus te ama.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  31. A paz do Senhor Jesus, irmão António!
    Mais uma vez sou lhe grato pela honrosa visita ao meu modesto espaço.
    Verdadeiramente, o irmão também ama viajar pela placidez poética, seus versos transpiram essa verve de inspiração própria daqueles que tem comunhão com o Altíssimo e dele recebem o inspiração portentosos para transmitir aos mortais.
    Todo homem de Deus tem algo de de poeta.
    Que Deus continue abençoando sua vida amado irmão.
    Por tudo isso é uma benção vir aqui e ler a sua linda poesia.
    Gostei.
    Camille.

    ResponderEliminar
  32. Parabéns! Poemas lindos!
    Passando para avisar que tem post novo!
    E desejar uma quarta-feira abençoada!
    Grande e afetuoso beijo em seu coração!
    Te espero.
    Cassandra.

    ResponderEliminar
  33. Grande poeta Deus tem te iluminado e te tem dado de sua sabedoria,
    Pois a sua poesia nos traz quietude e grandes mensagens.
    Fico feliz por poder ler a sua poesia.
    Que nosso Deus continue te usando.
    Grande e forte abraço.
    Joel

    ResponderEliminar
  34. Lindos poemas, irmão António!
    Amo poesia e amo ainda mais a Palavra de nosso Senhor. Quando ambas se juntam, fica ainda mais adorável ouvir o Evangelho.
    Também ouso escrever alguns rabiscos em forma de poesia, associando a poética e a Verdade.
    Mas não é nada que se compare ao nível dos seus lindos poemas que li por aqui.
    Um beijão.

    ResponderEliminar
  35. Olá, meu irmão!
    Que belos poemas!
    Também gosto muito de escrever poesias.
    Mas os seus são muito ricos nos transmitem força e com boas mensagens.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  36. Fico fascinada ao vir aqui e ler a sua poesia, pois ela me traz ânimo e muita alegria,sou abençoada.
    Pois sua poesia é inspirada, nota-se a mão de Deus, cada poema uma mensagem muito importante.
    Dou glória a Deus por o irmão ser um vaso nas Suas mãos gloriosas.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  37. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  38. Gratificante os seus poemas!
    Se todo mundo aprecia-se a palavra divina, seria muito bom.
    Sua poesia trazem mensagem muito boa e inspiradora.
    Parabéns pelo dom.
    Saudações, fica com Deus.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  39. Seus poemas funcionam como bálsamo para os apreciadores desta arte de bem dizer!
    Resto de boa semana!!!

    ResponderEliminar
  40. Prezado irmão António.
    Parabéns pelos poemas lindos,gosto muito do segundo, há tanta gente a poluir não só as águas mas todo o ambiente.
    Gostei muito.
    Que Deus te abençoe sempre..
    Beijo.

    ResponderEliminar
  41. Amado irmão,
    Gostei muito de suas poesias, por meio da sensibilidade demonstrada.
    E a grande realidade os dois primeiros gostei muito.
    Que Deus o continue usando.
    Paz de Jesus.

    ResponderEliminar
  42. Olá, meu irmão!
    Que belos poemas!
    O segundo poema é muito bom e se permitir vou divulgar.
    Também gosto muito de escrever poesias.
    Que pelo Pai sua vida seja abençoada a cada dia.
    Paz!
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  43. Meu amigo eu não sou seguidor de seu blog, mas sempre passo por aqui pois admiro muito a sua poesia, e desta vez me encantou o segundo poema, eu também sou crente.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  44. Olá, António!
    Belos poemas.
    Suas poesias são ternas e evangelizam, e edificam.
    Gostei, e sempre virei aqui, olhe que prometo e cumpro porque amo e temo ao Senhor.
    Saiba que ficarei muito contente com sua presença amiga em meus blogs também.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  45. Achei extraordinário os seus poemas, eles interligam-se.
    Reparo na nuvem no céu, terra que é minha e tua,
    No segundo clama contra a poluição.
    O terceiro fala como que desaparecer as matas ou florestas.
    Muito bonito.
    Beijo.
    Michele.

    ResponderEliminar
  46. Oi António que linda poesia amei estar aqui.
    Adoro os poetas que transformam em palavras em todo o tipo de sentimento!
    Mas aqui vemos realidade actual.
    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  47. Olá amigo,
    Poemas belíssimos em que a nossa Esperança está no Deus da Vida que nos ajudará sempre neste mar agitado em que nos envolveram.
    Li três vezes os seus poemas lindos.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  48. Olá, Antonio
    Belos poemas!
    Paz!

    ResponderEliminar
  49. Todos os poemas são lindos e muito bem feitos,gostei esse da água.
    Não sabia que o irmão escrevia poemas, se der autorização gostava de colocar no meu blog alguns,diga se pode ser.
    E vou seguir com muito gosto, irei visitar também o outro seu blog.
    Abraço e paz do Senhor.
    Suzete.

    ResponderEliminar
  50. Lindos poemas o amigo Antonio é um grande poeta , estive a ler outros e não sei qual é o mais lindo, pena não conseguir seguir o seu blog, mas vou abrir conta em netblog e creio que daí já posso seguir, gostei muito e virei mais vezes.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  51. Muitas pessoas se esquecem da verdadeira força que tem e de onde ela realmente vem.
    Você pode não acreditar em Deus mas ele acredita em você.
    Ótimos poemas.
    Boas mensagens.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  52. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  53. Paz do Senhor Jesus Presbítero António Batalha, obrigada pela sua visita ao meu blog e pelas suas palavras lá deixadas.
    Seus poemas são muito lindos.
    Muito obrigado.
    Deus te abençoe.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  54. Olá, António!
    Belíssimos poemas!
    Adorei o primeiro e o segundo.
    Suas poesias são ternas e evangelizam.
    Gostei!
    Saiba que ficarei muito contente com sua presença amiga em meus blogs também.
    Beijo.
    Priscila.

    ResponderEliminar
  55. É muito bom chegar aqui e ler uma poesia sua.
    Você tem intimidade com as palavras e isso eu admiro bastante.
    Gosto muito das suas poesia e virei sempre afim de poder ler o seu trabalho.
    Abraço, fique com Deus, ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  56. A paz do Senhor irmão António Batalha. Parabéns pelos excelentes textos, gostei bastante do da água.
    Muita paz e saúde para o irmão e toda família.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  57. Boa tarde António.
    Fiquei emocionada com suas poesias.
    E a maneira como falas da fé... e de outros temas é incrível..
    gostei bastante.
    Um abraço a ti e tua família.
    Parabéns.
    Beijo.
    Sebastiana.

    ResponderEliminar
  58. Lindos poemas, irmão António.
    Que o Eterno continue derramando graça sobre sua vida e motivando sua inspiração.
    Gostei muito do primeiro e do segundo.
    Fique na paz.
    Izalinda.

    ResponderEliminar
  59. Pois é ninguém é mesmo obrigado a seguir blog nenhum. Sai porque quis,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fez a Aline muito bem, espero que os seus seguidores não façam como a amiga faz.

      Eliminar
  60. Olá, António.
    Belos poemas.
    Sempre o grande poeta nos presenteia com novos e lindos poemas.
    Fico maravilhada de poder ler esta arte.
    Saiba também que fiquei muito contente com sua presença amiga em meus blogs também.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  61. Lindos! lindos!! poemas meu amado irmão.
    Que Deus continue te inspirando, pois o mundo precisa de ler e ouvir estas maravilhas, demais que o irmão também se preocupa com o meio ambiente.
    Obrigada pelo seu cantinho e por partilhar.
    Beijo.
    Anastácia.

    ResponderEliminar
  62. Deus continua a Se revelar lindamente aqui, através de seus nobres e lindos textos.
    Pois um verso não é um amontoado de palavras, e sim um conjunto de sentimentos.
    O que caracteriza um poeta é o dom divinal de tecer, com as palavras.
    Seus poemas nos trazem um mensagem muito boa.
    Obrigada.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  63. António, e que tudo esteja bem contigo!
    Eu também gostei deste teu espaço e sem prometer assiduidade diária digo que sempre que possível estarei por cá para ler teus belos pensamentos aqui postados.
    Sim sou edificada com teus textos.
    Forte abraço.
    Salomé.

    ResponderEliminar
  64. Boa tarde António.
    Muito feliz ao ler seus poemas, parabéns por todos, mas gostei especialmente do poema Reparo e da água.
    Aproveito para agradecer por seguir meu blog.
    Vou vir sempre aqui isto são votos.rsrsrsrs,
    Tenha uma semana feliz e abençoada.
    Abraço.
    Jacinto.

    ResponderEliminar
  65. Olá António
    Belos e profundos versos.
    Letras carregadas do sublime amor.
    Fiquei lisonjeado com sua cordial visita.
    Obrigado pelo carinho meu amigo.
    Uma semana abençoada
    um carinhoso abraço

    ResponderEliminar
  66. Irmão António.
    Lindos os seus poemas.
    Bastante firmeza e verdade, e muito bem feito.
    Obrigado pela visita, espero que volte outras vezes .
    Fiquei muito feliz com as palavras de elogio que deixastes lá no meu cantinho.
    De qualquer maneira eu vinha aqui na mesma pois não quero perder os seus poemas, claro que irei visitar e comentar o outro seu blog.
    Tenha um dia agradável com muita paz.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  67. Bem António verdade em poesia, é uma realidade, gosto de poesia mas os seus poemas enchem a alma e desta vez tratou pelo menos dois assuntos muito importantes, há pessoas distraídas que só querem ver grandes milagres para louvar a Deus, o irmão repara em tudo e dá esse louvor, e preocupado também com a poluição.
    Gostei mesmo.
    Fica na paz.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  68. A floresta que é irreal,
    Em planície de fantasia,
    Corre um rio pelo vale,
    Arrastando o que não queria.
    Não compreendo ao que se refere mas é uma metáfora muito bonita,os outros dois tem um bom sentido, mas a poesia é mesmo assim, gostei.
    E é por isso que venho sempre.
    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
  69. Um grande poeta.
    Quando venho aqui aproveito e leio mais alguns, sabe comecei no principio de seu blog a ler os seus poemas, mas como são muitos aproveito ao vir aqui ler os novos e vou lá atrás ler outros, mensagens ou apelos, elas nos tocam profundamente.
    Obrigado Paz de Jesus.
    Beijão.

    ResponderEliminar
  70. Amigo irmão muita Paz de Jesus.
    Quantas pessoas andam distraídas e nunca repararam na beleza da natureza afim de dar glória a Deus, aqui o António desperta para essa realidade, e a poluição que é constante e se está destruindo o que Deus criou com tanto amor .
    Por isso eu gosto de vir e ler as suas mensagens em forma de poesia.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  71. Passei por aqui e reparei em seus poemas li alguns, fiquei entusiasmada com a forma como o António usa as palavras, mensagem, exortações e algumas metáforas.
    Vi também que tem um belo grupo de seguidores assíduos, olhe eu vou ver o outro seu blog, se for belo como este pode contar com mais uma seguidora assídua.
    Grande abraço, e muitas Paz de Jesus.

    ResponderEliminar
  72. António mas que bela poesia, é uma alegria ter como amigo um grande poeta e ainda por cima poeta cristão, também sou cristã, e gosto muito de poesia, faço minhas as palavras da Rosario.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  73. O Irmão António tem muito jeito para poesia, li o bastante para entender isso, poemas com mensagens, exortações e muita firmeza nas palavras.
    Já estou a seguir os dois, espero por si nos meus blogs.
    Abraço.
    Anacleto.

    ResponderEliminar
  74. Olá Antonio, desculpe a demora em retribuir sua amável visita. Estive viajando mas agora estou aqui.
    Jesus é a luz do mundo e dos poetas.
    Você escreve divinamente bem.
    Adorei conhecer seu trabalho, Seus blogs são lindos e sua poesia transmite luz e paz.
    Beijão.

    ResponderEliminar
  75. Paz de Jesus grande poeta cada vez são mais bonitos, grata pelo seu cuidado pela natureza, e ficamos a meditar nestas palavras maravilhosas, que Deus continue a usar o amado, tanto mensagens como poemas, pode-se ver a mão de Deus.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  76. Para mim é uma grande alegria vir ao seu blog e encontrar estes lindos poemas.
    Eles me fazem meditar, eles me edificam e por isso dou graças a Deus.
    O amado é um instrumento nas mãos do nosso Deus.
    Te amo em Cristo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  77. Olá amigo António eu já tinha vindo aqui, e já tinha lido estes poemas, mas aproveitei e faço minhas as palavras da Celeste.
    Conte comigo grande poeta de Deus.
    Ivanildo.

    ResponderEliminar
  78. Olho para cima e vejo os céus... Areia do rio sempre vazio...
    Grande poeta devemos ter cuidado com os nossos rios se queremos ver a natureza a florescer.
    Eu também grito, parem de poluir as nossas águas.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  79. Grande poeta li muitos dos seus poemas o que muito me alegrou.
    Quando houver novos poemas diga alguma coisa.
    Bjinhos.
    Débora

    ResponderEliminar
  80. As suas palavras, sao como água cristalina que nos sacia a sede e nos refresca.
    Abraço*

    ResponderEliminar


se gostou deixe a sua openião
Obrigado!!!